Esplendor Real #23 / Royal Splendor #23

Hoje voltamos a falar de anéis de noivado. Desta vez vamos falar de um país que parece ser bastante patriótico na altura de escolher os seus anéis de noivado.
Today we return to talk about engagement rings. This time we talk about a country that seems to be quite patriotic when choosing their engagement rings.

Anéis de Noivado - Dinamarca / Engagement Rings - Denmark

A então princesa da Coroa Margrethe da Dinamarca e o diplomata nobre francês Henri de Labord quase que não se conheceram. Ambos foram convidados para uma festa em Londres, local onde a princesa estudava. Ele esteve para não comparecer, porque sabia que a futura rainha da Dinamarca estaria presente (facto que ele considerava aborrecido). No entanto ele foi e ficou fascinado com a personalidade dela. Margrethe não cedeu naquela noite mas quando se apaixonou, foi a valer. O noivado foi anunciado e o casal casou a 10 de Junho de 1967.
The then Crown Princess Margrethe of Denmark and the French noble diplomat Henri de Labord almost not met. Both were invited to a party in London, where the princess was studying. He almost didn't attend because he knew that the future Queen of Denmark would be present (and he was affraid to get bored). However he actually attended and he was fascinated by her personality. Margrethe did not give in that night but when she fell in love, it was a hard deal. The engagement was announced and the couple married on 10 June 1967.


Ambos têm personalidades peculiares e o anel escolhido por Henri para a sua Daisy, representa isso mesmo. A criação é de Van Cleef & Arpels e mostra dois enormes diamantes entrelaçados num claro sinal de companheirismo que está presente até hoje neste casal.
Both have quirky personalities and the ring chosen by Henri for her Daisy is just like that. The creation is from Van Cleef & Arpels and shows two huge diamonds entwined in a clear sign of fellowship that is present until today in this couple.

Em 2000, durante os Jogos Olímpicos de Sydney uma plebeia, nascida na Tasmânia conhece num bar local um belo rapaz que se apresentou somente como Fred. A empatia foi imediata e assim começou um história de Cinderela dos tempos modernos entre Mary Donaldson e Frederik, Príncipe da Coroa da Dinamarca. Após um romance à distância, Mary toma a decisão de se mudar para a distante Dinamarca e começa a comparecer oficialmente ao lado de Frederik. O anúncio é feito em Outubro de 2003 e em Maio de 2004, a Dinamarca ganha uma nova Princesa da Coroa.
In 2000, during the Olympic Games in Sydney a commoner Tasmanian born met at a local bar a handsome young man who introduced himself only as Fred. Empathy was ready and so started a Cinderella story in modern times between Frederik, Crown Prince of Denmark and Mary Donaldson. After a distance romance, Mary decides to move to distant Denmark and begins to officially appear next Frederik. The announcement was made in October 2003 and in May 2004, Denmark gets a new Crown Princess.

Num gesto simbólico para acolher a noiva ao seu novo país, Frederik decidiu oferecer a Mary um anel com as cores da Dinamarca. Um diamante em corte esmeralda rodeado por dois rubis. Durante muitos anos a Princesa manteve o anel assim, até que em 2012 o anel sofreu uma mudança: foram adicionados dois diamantes a cada extremidade (num gesto que segundo muitos pode simbolizar os quatro filhos do casal e Frederik).
In a symbolic gesture to welcome the bride to her new country, Frederik decided to offer Mary a ring with the colors of Denmark. An emerald cut diamond surrounded by two rubies. For many years the Princess kept the ring so until 2012 the ring underwent a change: two diamonds were added to each end (according to many a gesture that can symbolize the couple's four children and Frederik).

No entanto, foi o filho mais novo de Margrethe II e Henrik que anunciou primeiro o seu noivado. Joachim conheceu a executiva Alexandra Manley em Hong Kong. O anúncio do noivado em 1995 apanhou muitos de surpresa mas resultou num magnifico casamento das neves em Novembro do mesmo ano. Durante alguns anos (até ao casamento de Frederik com Mary) Alexandra desempenhou funções de Princesa da Coroa e deu dois netos a Margrethe. O casamento acabaria por não resultar e o anúncio do divórcio ocorreu em 2004, e Alexandra perdeu o estatuto de Princesa da Dinamarca, mas tem o título de Condessa de Frederiksborg voltou a casar em 2007.
However, was the youngest son of Margrethe II and Henrik who first announced his engagement. Joachim met the executive Alexandra Manley in Hong Kong. The engagement announcement in 1995 caught many by surprise but resulted in a magnificent Snow wedding in November of the same year. For some years (until the marriage of Frederik to Mary) Alexandra worked as Crown Princess and gave the first two grandchildren to queen Margrethe. The wedding would eventually not work and the divorce announcement occurred in 2004, and Alexandra lost her status as Princess of Denmark, but she has the title of Countess of Frederiksborg. She  remarried in 2007.


Joachim foi o primeiro a lembrar-se de presentear a sua noiva com um anel com as cores nacionais. Conhecido por desenhar ele próprio várias peças (terá puxado a veia artistica da sua mãe), Joachim escolheu este anel com um enorme diamante central rodeado de dois rubis esféricos, assentes num anel de ouro.
Joachim was the first to remember to present his bride with a ring in the national colors. Known for designing several pieces himself (have pulled the artistic vein of his mother), Joachim chose this ring with a large central diamond surrounded by two spherical rubies, based on a gold band.

Mais tarde em 2005 surgem as primeiras fotografias de Joachim com uma jovem francesa Marie Cavallier. Após vários encontros, inclusive com os filhos de Joachim e da sua ex-mulher Alexandra, Marie terá conhecido a família real nas férias da Páscoa de 2007. Em Outubro do mesmo ano a Casa Real anuncia o noivado de Joachim e Marie. O casal contrai matrimónio em Maio de 2008 e a Dinamarca ganha outra Maria para o seu Tesouro Real.
Later in 2005 the first photographs of Joachim with a young French woman, Marie Cavallie, arise. After several meetings, including with the sons of Joachim and his former wife Alexandra, Marie met the royal family in the Easter holidays in 2007. In October of the same year the Royal House announced the engagement of Joachim and Marie. The couple's wedding was in May 2008 and Denmark wins another M to its Royal Treasury.


Desta vez Joachim, achou que as cores nacionais da Dinamarca já estavam um pouco vistas em damas da casa real e resolveu prestar homenagem ao país natal da sua noiva. Uma safira, um diamante e um rubi representam literalmente as cores da bandeira tricolor francesa, assentes numa banda de ouro com padrão girafa (??). Marie nem sempre usa este anel, e nós conseguimos perceber o porquê.
This time Joachim, found that the national colors of Denmark were already to much seen in some ladies of the royal house and decided to pay homage to the homeland of his bride. A sapphire, a diamond and a ruby ​​literally represent the colors of the French tricolor, based on a gold band with a giraffe pattern (?). Marie does not always use this ring, and we can see why.

Qual o vosso favorito?
What's your favorite?

"How do I love thee? Let me count the ways.
I love thee to the depth and breadth and height
My soul can reach, when feeling out of sight
For the ends of Being and ideal Grace.
I love thee to the level of everyday's
Most quiet need, by sun and candle-light.
I love thee freely, as men strive for Right;
I love thee purely, as they turn from Praise.
I love thee with a passion put to use
In my old griefs, and with my childhood's faith.
I love thee with a love I seemed to lose
With my lost saints, --- I love thee with the breath,
Smiles, tears, of all my life! --- and, if God choose,
I shall but love thee better after death."

By Elizabeth Barret Browning

Poem sent by Mary to Frederik during her courtship

Comentários

  1. O meu anel favorito concerta é o de Mary, realmente um belo anel. Gosto do anel de Margrethe mais sinceramente não faz o meu estilo. Adorei o de Marie, mais acho um pouquinho exagerado.

    E L qual é o seu anel favorito?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pessoalmente não sou fã de anéis de noivado ( ou tiaras) com pedras coloridas. Mas neste caso, mais uma vez Mary é a excepção. Não morro de paixão pelo anel mas é o melhor da casa real dinamarquesa, especialmente depois dos dois diamantes acrescentados. Isso sem dúvida nenhuma. Joachim não tem muito gosto para escolher jóias na minha opinião. A Intenção pode ser muito boa, mas fica por ai...

      Eliminar
  2. As you may have guessed is my favorite ring Mary's! I beautiful, elegant and great together with her wedding ring. Over the year there has been added some more stones at the ring which I really like.
    But I have to say, Queen Margrethe's ring is also very beautiful :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thank you for your comment. I must say that Mary's is my favorite too, regarding this royal house, Specially after the two diamonds addition. :)

      Eliminar
  3. O anel mais bonito na minha opinião é o de Margrethe da Dinamarca, não que os outros sejam feios, mas achei meio parecidos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário. De facto os outros seguem digamos assim, a mesma tendência...:)

      Eliminar
  4. Bonito post de uma bela família. Na minha opinião o mais bonito é o de sua Majestade a rainha. Para além de não ter cor o que julgo fundamental num anel de noivado, é extremamente romântico por ter os dois diamantes entrelaçados e combina perfeitamente com a personalidade de Margarida. Perfeito...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também prefiro anéis "sem cor", mas acho este bastante exagerado. Mas lá está é todo daisy!

      Eliminar
  5. No doubt, CP Mary's ring, its so beautiful. When it comes to Princess Marie's ring, what was Joachim thinking?? It's horrible! It's easy to understand why Marie don't wear it all the time..lol

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares